quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Montessori em nossa vida

Acho que nos 5 anos de existência do Chicletinho o ponto mais difícil pra mim é a questão de educação. 

Antes de me tornar mãe não tinha a menor noção que as escolas poderiam seguir diferentes tipos de filosofias/linhas pedagógicas para se educar uma criança.

Vejam bem, quando falo aqui em educar uma criança estou falando sobre ensinar :: português/inglês/chinês/________(complete com a língua que preferir), matemática, geografia, história, etc ... não estou me referindo a respeito, valores, etc (esses acredito sermos nós os responsáveis, não a escola).

Bom, seguindo .... na cidade onde minha mãe mora (interior de Santa Catarina) até hoje não se preocupam muito com que tipo de pedagogia se é utilizada na escola: se é Construtivista, se segue o método Montessoriano, ou a linha Waldorf. Lá, pelo que percebo, é que ainda só existe a linha Tradicional, aquela onde o professor é o centro: do tipo ele fala e os alunos escutam.

Foi assim na minha época, alguns anos atrás cof cof, e continua sendo. Na verdade pra mim era :: escola católica e escola não católica, o resto era tudo igual.

Em São Paulo, onde morávamos quando Chicletinho nasceu, as escolas já se preocupavam em oferecer algo diferenciado. Mas oq eu mais via era um mix de algumas pedagogias, bem estilo inspired by XYZ.

Agora, depois de 3 anos morando em Londres, percebo que muita coisa tem mudado nas grandes cidades brasileiras, mais diversidade de escolas ... seria esse um processo natural tendo em vista a quantidade de estrangeiros morando no país???

Bem o fato é que isso me deixa bastante feliz.

Voltando ao assunto ... quando chegamos em Londres Chicletinho começou a frequentar uma Nursery particular no Chelsea (um bairro daqui). Quando nos mudamos para Notting Hill ele continuou na mesma Nursery só que baseada no nosso bairro.

Passou-se 1 mês e meu coração estava apertado ... até que um dia um amigo veio jantar em casa e conversa vem conversa vai falei que andava angustiada com a situação da Nursery. Que mais parecia uma linha de produção do que uma entidade preocupada em ensinar os pequenos.

Aí ele me apresentou a Montessori. Ele estudou na Montessori em sua cidade. Me encantei.

Para ajudar na situação Chicletinho começou a chegar em casa com marcas roxas, até que um dia o canto de fora do olho dele estava roxo .... constatação :: mta criança - pouco espaço - o guri caiu e bateu o olho. (e eles de olho no dinheiro dos pais, pq a bendita é cara viu)

Só descansei depois que encontrei uma escola Montessori perto de casa para que o Chicletinho iniciasse sua jornada. Um escola Montessori na veia, realmente seguindo os métodos.

O que eu mais gosto na metodologia Montessoriana é o fato de privilegiar cada criança com suas personalidades, ensinando os tópicos de acordo com seu interesse e habilidades. Com o passar do tempo as próprias crianças, vendo os amigos mais velhos, desenvolvem o interesse por novas habilidades.

Não é perfeito. Nada é perfeito. Não sei se a partir dos 6 anos Montessori é bacana pois sabemos que vivemos no mundo em que precisamos seguir regras, e nem sempre teremos que fazer algo apenas de acordo com o nosso interesse. Mas acho que é a metodologia mais acertada para a nossa família.

Diante de tantas questões e da paixão que sinto pela metodologia, resolvi me inscrever para fazer o curso que me capacita a, se eu tiver a oportunidade, abrir uma escola Montessoriana.

O curso é vinculado a Associação Montessori Internacional, oq também me habilita a trabalhar em escolas Montessori ao redor do mundo!!!

Foram 2 anos amaduerecendo a idéia e 6 meses passando por entrevistas e envio de documentos para ser aceita no curso. (aqui normalmente para entrar em alguns cursos de longa duração vc passa por seleções típicas de seleções de emprego).

Dois dias antes de embarcar de férias para o Brasil me chamaram para a última entrevista e, durante as férias, chegou a carta de aceitação no curso !!!!!

Então se sentirem que os assuntos do blog fugiram um pouquinho do tema me desculpem hihihihihi

5 comentários:

Roberta disse...

Olá Liliane,
Sou mãe também e estou planejando ir morar em Londres no final 2013/ começo de 2014,e minha maior preocupação é a educação da minha filha que tem 8 anos.Ela não sabe a lingua inglesa, gostaria de algumas dicas onde ela pode estudar português/inglês.Outro detalhe é que vamos esperar a documentação (Dupla cidadania)do pai dela ficar pronta,será que eu consigo uma matricula para ela sem ter o documento europeu ? Me ajude por favor!
Bjs e aguardo um retorno

Roberta disse...

Olá Liliane,
Sou mãe também e estou planejando ir morar em Londres no final 2013/ começo de 2014,e minha maior preocupação é a educação da minha filha que tem 8 anos.Ela não sabe a lingua inglesa, gostaria de algumas dicas onde ela pode estudar português/inglês.Outro detalhe é que vamos esperar a documentação (Dupla cidadania)do pai dela ficar pronta,será que eu consigo uma matricula para ela sem ter o documento europeu ? Me ajude por favor!
Bjs e aguardo um retorno

Liliane Arend disse...

Roberta, desculpas pela demora no retorno mas ando totalmente focada no curso e no meu pequeno. Tenho vindo pouco aqui.
Você tem um email pessoal?
X
L

Desirée Barison disse...

Oii Liliane, descobri o seu Blog no Mundo Pequeno, e me apaixonei pela proposta do Blog. Vc esta de parabens!! Escuta, estava lendo os posts e super me interessei nesse curso Montessoriano qur você está fazendo! Por favor, vc poderia me passar alguma informacao sobre esse vurso, eu moro aqui em Lonfres também e também sou mãe! Adoraria conversar mais com vc sobre isso....
desinha_7@hotmail.com

Www.desireebarison.blogspot.com

Liliane Arend disse...

Oi Desireé,
Bacana que se interessou pelo curso. Me formei em junho.
Uma das coisas mais legais aqui é que vc consegue todas as informações do curso no site do Instituto. Aqui o link direto sobre o curso que fiz.
Fiz o Diploma em um ano. Nos site tem os valores dos cursos também.
https://www.mariamontessori.org/training/what-we-offer/ami-diploma-course/
beijoss