sábado, 26 de dezembro de 2015

Quando 'estamos' de férias tomar café da manhã em algum lugar bacana é uma ótima pedida

Fiz um vídeo para mostrar para vocês uma das nossas opções :)

Espero que gostem.

Beijocas
Li


sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Estamos de casa nova !!!!

A vontade de falar sobre outros lugares, outras experiências e outros assuntos me fez pensar e pensar e pensar .... depois de tanto pensar nasceu o Criando Filhos pelo Mundo e para o Mundo.


A idéia é deixar de ter Londres como cenário principal e passar a ter convidados para nos contar a experiências deles Criando seus Filhos pelo Mundo !!!

Embarque nessa conosco e não estranhe caso receba uma mensagem minha pedindo para você compartilhar suas experiências por lá :)))



quarta-feira, 7 de outubro de 2015

terça-feira, 6 de outubro de 2015

O dia em que Fábio Jr. me ajudou a fazer Estela dormir

Ufa, aqui passam das 11 da noite !

Normalmente as crianças estão dormindo antes das 9. Nossa Estrelinha vai pra cama mais cedo, antes das 8, e o Chicletinho lá pelas 8 e meia.

Mas na noite passada Estrelinha passou mal, acordou as 3 da madruga e não dormiu mais, passou o dia no colo e não ficou sozinha nem por 1 instante. Foi um dia bem corrido e cansativo.

É hora de ir buscar Chicletinho na escola, Estrelinha cochila no carrinho durante o trajeto .... fico mais tranquila, pelo menos está descansando (a febre ainda persiste).

Chegamos em casa e a rotina segue, tudo com muita calma para ver se a pequena engata no sono. Banho, jantar, conversa, hora da neném ir dormir. Ricardo precisa fazer um conference call, então eu coloco a pequena para dormir enquanto ele ajuda Chicletinho com o banho, dentes, etc.., antes de ter que fazer esta ligação. O prometido foi que eu colocaria o Chicletinho para dormir para dormir.

Fiquei satisfeita pois a Estrelinha dormiu e eu poderia colocar Chicletinho na cama sem problemas e Ric faria a sua ligação tranquilamente. (me senti mega ultra blaster poderosa, dou conta do recado, meus filhos são demais).

Enquanto estou cantando para o meu lindão a pequena acorda e não quer ficar com o Ricardo. A hora da conference call chega ... pego Estrelinha no colo e vou continuar a cantar para o Chicletinho (a esperança era que ela dormisse junto durante a cantoria desafinada da mamãe aqui).

Agora são 9 e pouco Chicletinho já está dormindo mas a pequena persiste em se manter acordada ... a febre continua na casa dos 38.7

Depois de quase 2 horas acalmando, ninando, conversando, acalmando, andando, ninando, conversando, tenho a brilhante idéia de colocar uma musiquinha para ela ouvir, meu repertório havia se esgotado.

Tento Pato Fu para crianças, ela chora ...
Tento Palavra Cantada, ela chora ....
Tento Beatles, ela chora ....
Imagine, de John Lenon ela chora ....
Bruno Mars minha gente, e nada ...
U2 ...
Cold Play ...
aí começa ...

Oq que há, oq está se passando por esta cabeça???

Ela para de chorar, arregala o olho e se acalma ..... não tive dúvidas, o som está lá no repeat tocando todo o repertório do Fábio Jr. e eu me pego dançando pelo quarto relembrando minha adolescência, quando cantava para mim mesma cof cof cof cof

Então minha gente, arrasta o sofá e fiquem com o maravilhoso Fábio Jr. o salvador da noite !!!!




domingo, 4 de outubro de 2015

Blogagem coletiva :: Londres de um jeito diferente, por Liliane Arend



:: Este post faz parte da blogagem coletiva sobre viagens com crianças, 
em comemoração ao Dia das Crianças. 
Blogueiros especializados no tema dão as melhores dicas da região em que moram para você viajar mais e melhor na companhia de seus filhos. 
Abaixo deste post, você encontra os links para as outras publicações da blogagem coletiva ::


Oi oi gentemmmm,

Que delícia blogagem coletiva com as mães, e sobre viagem e lugares bacanas então ... ADORO :)

Vamos conferir oq podemos fazer em Londres com nossos pimpolhos, além é claro de conhecer os pontos turísticos???

Eu listei alguns lugares que eu normalmente vou com a galerinha aqui de casa. É claro que em Londres tem uma infinidade de coisas bacanas para se fazer, e se você tiver uma dica bacana deixa nos comentários que nós vamos adorar!

Então vamos lá :)

:: Little Venice em Londres ::

Não não, eu AINDA não enlouqueci (apesar da rotina de um filho com 7 anos e um bebê de 6 meses seja de enlouquecer qq um), o post é sobre coisas legais para se fazer em Londres mesmo. Ainda que a real e famosa Venice esteja localizada na Itália, aqui em Londres nós temos o Little Venice, que é um bairro muito charmoso em Central London.

É um bairro super arborizado e com um clima gostoso, uma ótima pedida para passar o dia ou apenas dar uma passeada pelo canal admirando os barcos que ali ficam.

Eu tenho um lance esquisito, associo os lugares a algo que me marcou sensorialmente .... Não sei quando aconteceu exatamente o meu caso de amor com Benedict Eggs, a película fininha da clara explodindo e deixando a gema molina cair por cima do pão levemente torrado huuuummmmmmm (salivei forte agora) ....

Então de tão charmoso e gostoso que Little Venice é, foi o lugar escolhido para saborear um Benedict Eggs e o lugar escolhido foi o The Waterway.

O ambiente de lá é bem agradável e a comida é gostosa. Se estiver com sol ou não muito frio, dá pra sentar do lado de fora e as crianças ficarem correndo por perto.



benedict eggs do The Waterway, o meu preferido


Depois sempre andamos pelo canal olhando os barcos que por ali estão. Alguns são feitos de casas e ficamos conversando sobre como deve ser morar em um barco!

Fizemos isso no dia anterior ao nascimento da Estela justamente para celebrar e marcar essa passagem de uma família de 3 para uma família de 4 !!!

Chicletinho, eu e Estela, ainda inside

Lá também tem o teatro de marionetes Puppet Barge, que fica dentro de um dos barcos ali ancorados.

Eu achei o máximo e o Chicletinho curtiu muito o lance de ser um teatrinho dentro de um barco, mexeu com o lúdico dele e valeu muito a experiência.

Além disso tudo vocês já pensaram em chegar ao zoológico de barco??? COOL !!!

Você chega pelo rio e desce dentro do Zoo.

Aqui o nome e o link para o site da empresa que faz o trajeto de barco para o Zoo: London Waterbus Company

obs.: sou contra manter animais em cativeiro, gaiolas etc. Em 2014 mandei um email para o zoo para entender mais sobre os animais que lá vivem. Se quiserem ver o email resposta que eles me enviaram, aqui está um print da tela ....




:: Kensington Memorial Park ::

Não é muito conhecido pelos turistas, mas este não é só um parque, é um parque com uma Water Play Area (area molhada para brincar), a criançada pira (confesso que eu também).

                                                                 Chicletinho se refrescando

Esse não é um parque conhecido, mas além da parte legal de se ter a área molhada o parque muito bacana. Tem área fechada para as crianças menores, com direito a castelinho dentro da areia e brinquedos que estimulam o equilíbrio.



Para os maiores, além de balanços e alguns brinquedos de escalar e equilibrio, tem um foguete com um super escorregador e outro tipo tirolesa.



Tem também campo de futebol, não só um mas 2, quadra de tênis, jardim com bancos para ficarmos sentados enquanto a criançada corre no gramado.

Por causa da opção da área molhada, no verão o parque fica bem lotado com a galera que fica por aqui durante o verão, mas ainda assim acho que vale muito uma tarde por lá.

O parque fica 10 minutinhos andando da estação de Ladbroke Grove, que é do lado da famosa Portobello Road.

:: Portobello Road ::

Falando em Portobello Road, uma das atrações turísticas da cidade, principalmente depois do filme Um Lugar Chamado Notting Hill, pq não aproveitar e visitar esta rua para durante a semana?

Na minha opinião não é um lugar muito agradável para se andar com crianças, principalmente aos finais de semana, pois é muito lotado. Você não consegue se mexer muito e aí vira aquele sufoco passar com carrinho ou ficar ligada na criançada que quer mais é saber de correr.

Morei uma rua paralela à Portobello e me mudei pq durante o final de semana era impossível transitar por ali. Mas mesmo nos mudando, a escola em que o Chicletinho frequentou até ele completar 6 anos  fica ali do lado, então é uma rua em que passávamos todos os dias :)

Mas como vir a Londres e não ir dar uma volta por Notting Hill e conhecer a famosa rua em que Hugh Grant andava ??? Andava só não gente, ele é figurinha fácil por lá #ficaadica

Mas então como fazer??? Vai durante a semana.

O legal de andar com crianças por ali durante a semana é que você pode parar com calma nas bancas que vendem frutas e comprá-las para serem saboreadas ali mesmo. Não tem a mesma quantidade de bancas com antiguidades e roupas do que no final de semana, mas ainda acho que vale mesmo assim.

Numa rua com esquina com a Portobello tem um lugar que é restaurante e também centro de atividades para fazer depois da escola (ballet, arte, música, etc), e pode ser uma opção para almoçar com as crianças por lá.

O nome é Tabernacle e para mim é um mini castelo hehehe. A comida é boa e compatível com o preço praticado (eles mudam o cardápio de acordo com a estação, mas eles fazem um risoto de abobrinha que é hummmmmmmmm). Mas também servem café da manhã viu gente.


Apesar do lado de dentro ser um pouco escuro, é espaçoso e tem um estante com livros que as crianças podem usar durante o tempo que estamos lá.

Se tiverem um tempinho, deem uma olhada no site a quantidade de atividades que se pode fazer lá.. Algumas delas, inclusive você paga por sessão então pode ser possível participar mesmo não morando em Londres.

Logo em frente ao Tabernacle tem um parquinho que dá pra criançada gastar energia correndo de um lado pro outro, andar de escorregador e balanço.



:: Kew Gardens ::

Para tudo que este lugar faz com que você recarregue suas energias ainda nos primeiros instantes em que você põe os pés lá.

Você chega, olha e dá aquela puxada de ar puro pra dentro dos pulmões ....

Dependendo de onde você está, leva em torno de 30 a 40 minutos de metrô para chegar no Kew Gardens.

Esse lugar é incrível, com árvores super antigas e uma passarela que o faz ver o parque das alturas.

Olha é uma vibe tão delícia que não me canso de ir.

a passarela 

Chicletinho abraçando a amiga árvore 

Chicletinho na árvore de 150 anos

:: Richmond ::

Se você quiser ver alguns Bambis o lugar é aqui !!!! É muito legal andar pelo parque em busca desses bichinhos encantadores que são Bambis, a criançada adora.

Também depende de onde você está, leva uns 40 a 50 minutos de metrô de Londres, fica logo depois de Kew Gardens.

Além de ir no Richmond Park, passear pela beira do Rio Thames é muito bacana, a vista é muito bonita e é de uma tranquilidade que quem mora em cidades agitadas dificilmente encontra no seu dia-a-dia.

Durante os dias quentes você facilmente verá pessoas andando de caiaque pelo rio, e você também pode alugar aquelas canoas pequenas e se arriscar ar umas remadas (eu particularmente tenho medinho de virar a canoa no meio do rio, do jeito que sou estabanada kkkk)

Também é possível fazer passeios pelo Rio Thames e conhecer Richmond pela água ! Eu ainda não fiz esse passeio mas quero muuuuuuito.

Thames River Boats faz um tour completo pelo rio. Tem que dar uma olhadinha no calendário e o trajeto que eles fazem, no site tem tudo.

:: Hyde Park ::

Como assim vir a Londres e não ir ao Hyde Park ?????????? O parque é gigante e uma delícia de apenas andar por ele. Eu fico viajando e imaginando, caraca antigamente isso tudo aqui era o quintal do castelo. Sabe aqueles filmes antigos em que as pessoas diziam, vou dar uma cavalgada no quintal de casa, então o Hyde Park era um desses quintais !!!!

Tem tanta coisa para fazer no Hyde Park, se você clica aqui no site  dá pra se programar e também ficar de olho no mapa do parque para não se perder !!!

Oq já fizemos:
- Boating on the Serpentine :: andar de pedalinho é demais, mas lembram do meu medinho de virar a canoa??? o mesmo acontece aqui hahahaha mas é muito legal.

- Diana Memorial Fountain :: a fonte em memória da Princesa Diana é muito legal. Você pode tirar os sapatos e andar pela água. Sempre fazemos picnic ao lado da fonte no verão. A criançada se joga na água pra dar uma refrescada.

- Diana Memorial Playground :: esse é o playground que tem o barco inspirado nas aventuras de Peter Pan.

Além do barco o playground tem outras atrações bacanas, mas não vejo muitos turistas explorando. Não sei se barco mesmo. Tem tendas indígenas, lugar para fazer sons, brinquedos para aprimorar o equilíbrio e coordenação motora, cadeira de histórias, muita planta ... você fica umas 3 horas fácil fácil por aqui.

video
Pula aí mãe !!!


:: Museu de Ciências ::

Fica do ladinho do Museu de História Natural e, na minha humilde opinião, é um lugar mais childfriendly do que o famoso museu dos dinassauros (apesar de não ter apenas dinossauros no NHM hehehe)

Pq acho mais childfriendly? Pq eles diversificam as atividades de acordo com as idades/fases diferentes da gurizada.

No andar térreo, lá no fundão, tem uma área interativa para a criançada mais nova brincar e explorar. Tem hologramas maravilhosos (me empolgo mais q a garotada kkk), estações que reproduzem sons de partes do corpo humano (coração, estômago, etc), uma cabine em que as luzes refletidas no telão mudam de acordo com os movimentos feitos nesta cabine, e outras coisas bacanas.

Chicletinho e eu (com cara de uauauauauau) brincando com os hologramas

No subsolo tem um ambiente que a criançada pode explorar tanto no seco quanto no molhado.

Os barquinhos que correm juntamente com o andar da água mostram como a correnteza funciona, com seus pequenos redemoinhos ....

Tem um brinquedo que precisa de trabalho em equipe. Enquanto a gurizada  da parte de baixo enche o carrinho com sacos de areia e disponibiliza em um mecanismo para subir estes sacos, a gurizada que está na parte de cima precisa se organizar e fazer força para iça-los. ADORO

E nesse vai e vem de carrinhos com sacos de areia, ainda tem um semáforo ....

Logo ao lado tem uma parte sensorial auditiva para que crianças de todas as idades possam explorar. Você brinca com sons de batidas de metal, tem também umas botas de chuva colocadas de uma maneira que quando você as toca faz um som diferente. Você também pode brincar com a sua voz em algumas estações.

Para os mais crescidinhos, no 3o andar tem uma série de experências interativas que exploram conceitos da física:

- velocidade,
- peso,
- força,
- gravidade

Não podemos deixar de falar sobre o Buble Show, que nada mais é do que o show de bolinha de sabão .... para nós pode ser bobinho mas qual a criança que não se encanta com as bolinhas de sabão??? Eu sempre digo que Bolinha de Sabão é tudo na vida de uma mãe. Menino tá entediado, saca a bolinha de sabão e tá tudo resolvido hehehehe

Nesse 'show' eles fazem bolinha e bolonas de sabão, colocam fumaça dentro de bolas de sabão, envolvem pessoas com bola de sabão ... é bem bacana.

os cabelos do Chicletinho e o moço fazendo bolas de sabão

:: Museu de História Natural ::

Qual criança não fica fascinada com os Dinossauros do Museu de História Natural??? Tem que vir, não tem jeito.

Além de todo acervo fixo, que já é um show, dá para aproveitar o Museu de formas diferentes.

Por exemplo, se você vier durante a primavera eles fazem uma exibição de borboletas vivas .... é encantador e fascinante.

Eles montam uma estrutura de tendas na parte de fora do museu e as borboletas circulam livremente nesta área, algumas até pousam em você.

Se alguma borboleta pousar em você NÃO a tire, vá até uma pessoa do museu e peça ajuda. Borboletas são muito sensíveis, se não as tiramos da forma correta podemos matá-las (ó o drama rs).

Dentro dessas 'tendas' eles também montam pequenas 'estações' de aprendizado, com algumas informações ou material para reproduzir sons (de sapos por exemplo) e também tem carimbos que você pode 'colecionar' durante o trajeto.

video
Chicletinho ainda pequerrucho, pq agora não deixa filmarmos nada ???!!!!



Já durante o verão eles fazem umas estações de aprendizado nos jardins do museu. Falam sobre os micro-organismos que tem no lago, plantas etc. Muito bacana, as pessoas que trabalham no Museu ficam lá explicando tudo para as crianças e tirando dúvidas.

Chicletinho e o amiguinho da escola tentando enxergar os bichinhos

A dica é ficar de olho no site do museu para saber quando serão essas exibições. O das borboletas é pago mas este dos micro-organismos é free.

:: Saatchi Gallery ::

Sabe não sou o tipo de pessoa que se amarra em museus ou galerias de arte, mas aprendi que vale à pena conhecer esses lugar pois dá uma ampliada em nossos horizontes, se é que eu consegui me fazer entender....

Esta é uma das nossas preferidas galerias de arte aqui em Londres, fica em Chelsea. Pq gosto dela? Não é uma galeria de arte metida a besta, daquelas em que você vê a estação e não entende bulhufas (provavelmente eu que tenho dificuldade em entender algumas "artes", mas enfim).

A Saatchi é descontraída e tem muita coisa bonita para ser apreciada, e também vamos combinar que não dá só pra fazer programas de crianças né minha gente? Temos que ter um espaço pra nós também.

Vocês também podem não botar a menor fé em ir num lugar desses com crianças, mas não custa tentar né???

Fomos com o Chicletinho pela primeira vez lá ele tinha uns 3 anos e o deixamos super à vontade para explorar e olhar aquilo que ele curtia e também na hora que ele ficou cansado fomos embora, deu super certo.

Também gostamos muito dos workshops deles, que normalmente acontecem no verão, então tem que ficar de olho no site. (pode clicar aqui ó)

olha aqui o Chicletinho com 3 anos curtindo a experiência na galeria.


Gente,  ainda queria falar do Tate, Holland Park, British Museum, Polka Theatre, London Eye, Aquarium, Greenwich, Chhiswich House and Garden e outros muitos lugares bacanas que tem por aqui, mas o post está ficando gigante e ainda temos outros lugares bacanas que nossas amigas desta Blogagem Coletiva vão nos mostrar para dar uma olhada.

Dei uma mesclada com lugares fechados e lugares abertos, mas se você vier e estiver nevando não se acanhe, coloque uma roupa quente e corre para o parque mais perto de você que com toda a certeza vai ter uma galera fazendo bonecos e guerrinhas de neve, a farra está garantida !!!

Vamos então conferir os outros posts com dicas de lugares muito bacanas ????

Bogotá 

A Tati Rosa Domingues, do Blog Desempilhados, escreveu sobre O melhor de Bogotá para famílias com crianças


Dubai e Abu Dhabi

Renata Salas Collazo, do Blog Maria Aqui e Ali, falou sobre Dubai e Abu Dhabi com crianças


Fortaleza

A Fernanda Moreira, do Blog Uma Vida Qualquer, escreveu sobre Beach Park e Engenhoca


Ilha Grande (RJ)

Aline Figueiredo, do Blog Carregando Malinhas, nos fala sobre Ilha Grande com crianças


Petrolina

A Taís Farias, do Blog De Petrolina para o Mundo, falou sobre Passear em Petrolina com crianças


Porto

Ana Paula Comodo, do Blog Mãe Dondoda, deu dicas sobre os 10 passeios e lugares divertidos no Porto e arredores para conhecer com crianças


Rio de Janeiro

A Natália Ferrer, do Blog Vida de Viajete, nos dá 5 dicas de Passeio ao ar livre no Rio de Janeiro

A Bárbara Calmeto, do Blog Malas e Malinhas, nos dá dicas sobre  6 lugares para fazer piquenique no Rio de Janeiro

A Patrícia, do Viajar hei, nos fala sobre 5 Museus no Rio para levar as crianças


Vale do Paraíba (SP)

A Érica França, do Blog Viajante em Tempo Integral, nos dá  10 lugares no Vale do Paraíba para ir com crianças









terça-feira, 22 de setembro de 2015

Como foi minha cesárea em Londres ???? Parte 2

Oi oi ...

Muita coisa pra contar gente, aqui o link para a Parte 1

onde parei mesmo ???? ah tá, indo para o centro cirúrgico.

O Ricardo permaneceu comigo todo o tempo. Entramos no centro cirúrgico juntos, oq é diferente do Brasil, pois no Brasil ele entrou só depois de eu ter tomado anestesia.

Eu estava super mega ultra nervosa, minha cabeça quase não processava o tanto de informação que eu recebia, eu queria era logo ver minha menininha e pegá-la no colo ...

Assim que entramos no centro cirúrgico pediram para que eu trocasse de maca. Subi, meio sem jeito, na maca oficial para o nascimento da nossa Estrelinha.

Depois que sentei na maca a enfermeira chefe veio falar comigo: - nós vamos nos apresentar pra você ... oi?!?! procedimento normal aqui para que você saiba quem estará fazendo sua cirurgia.

E foi mais ou menos assim:: os nomes são fictícios já que eu não lembro do nome de ninguém !!!

- bety - enfermeira
- rony - anestesista auxiliar
- stephany - anestesista chefe
e por aí vai ...

Ricardo o tempo todo comigo no centro cirúrgico.

Me pediram para curvar as costas para que o anestesista iniciasse o procedimento da anestesia. O anestesista começou mas não conseguia chegar ao ponto que precisava para aplicar a anestesia.

Depois de uns 15 minutos neste procedimento a enfermeira chefe, pega nos meus ombros e diz: é assim que tem que fazer e me empurra para baixo eu só solto um ::: my baby !!!

"don't worry, your baby is safe" meus olhos se arregalaram.

Começaram a aplicar a anestesia, só via as pernas do Ricardo pra lá e pra cá (depois ele me falou que quase desmaiou nesse momento).

Me pediram para deitar e a anestesista chefe me disse que iriam passar uma spray de água gelada e eu tinha que dizer se eu estava sentindo o gelado ou apenas a água.

Essa é a maneira que eles fazem para saber até que ponto do corpo a anestesia está agindo. Eles vão aplicando a medicação só até não sentirmos da altura do peito pra baixo. Diferente do Brasil que me aplicaram uma dose cavalar que me deixou grogue por mais de 1 dia inteiro.

Depois de anestesia aplicada entram os obstetras ..... e sim a médica estava junto do médico sênior ....

Iniciam a cirurgia, quando a Estela estava prestes a nascer o médico sênior me perguntou se eu gostaria de vê-la :: CLARO QUE SIM NÉ SEU DODÔ

Ele me mostrou a Estela rapidinho e logo a levaram para a avaliação ... Ricardo foi junto com ela. Eles estavam ainda na mesma sala, no mesmo ambiente, mas os segundos pareciam horas longe da minha pequena.

A anestesista chefe ficou comigo o tempo todo e enquanto eles fechavam a cirurgia ela olhava nos meus olhos o tempo inteiro e sempre me dizendo, não se preocupe seu neném está bem. Ela com certeza percebeu toda a minha aflição em relação à saúde da minha pequena.

Depois de alguns minutos (que para mim foram uma eternidade) a anestesista chefe fala para a equipe que estava com a Estela, e para o próprio pai hahahaha, ei não está na hora de trazer a neném para junto da mãe?????

Pasmem gente, eles estavam aproveitando a cia da minha pequena pois já haviam examinado e tudo estava ok, então assim que a anestesista falou minha pequena veio para os meus braços e de lá não saiu mais.

Essa foi outra grande diferença em relação a cesárea que fiz no Brasil, a Estela ficou o tempo todo comigo após a cirurgia. Não foi para UTI neonatal, não foi para incubadora, não foi para berçário. Comigo, ela ficou comigo agarradinha no meu colo. Também não fui para sala de recuperação ....

Do centro cirúrgico fomos para a enfermaria. Como eu havia solicitado um quarto privado só aguardamos por mais 30 minutos na enfermaria e depois nos encaminharam para o quarto.

Enfim minha Estrelinha estava em nossos braços :))



quinta-feira, 17 de setembro de 2015

O tempo voa !!! Quase 6 meses da minha Estela, a Estrelinha da casa ... Como foi a minha cesárea em Londres ??? Part 1

Oi oi ...

Demorei né gente, mas a vida fica bem corrida com 2 pequenos em idades diferentes, oq significa necessidade e horários diferentes.

Mas vamos lá.

Eu conversei com vocês sobre o acompanhamento da gravidez aqui em Londres. Também falei que o método do parto foi decido por cesárea, link para os posts e o véideo:
- posts: acompanhamento gestacional
- video: acompanhamento da gravidez

Então que foi decidido que iríamos fazer uma cesárea.

abre parênteses
(confesso que mesmo tendo feito cesárea do Chicletinho, fiquei bem interessada em tentar o parto normal. até pq é inclusive o curso normal da evolução gestacional. Principalmente por aqui. não vou entrar nos detalhes mas ouvi a seguinte frase do médico :: você pode tentar o parto normal, mas é menos arriscado você fazer uma cesariana eletiva do que na hora termos que fazer uma cesariana de emergência. bom, foi oq realmente definiu o tipo de parto que eu teria)
fecha parênteses

Aqui eles agendam um horário um dia antes da cirurgia para que você possa conhecer a equipe que irá fazer o procedimento, mas como o dia marcado era uma segunda-feira esse dia foi marcado para a sexta-feira anterior. Só que, na sexta-feira as pessoas que estavam de plantão eram as pessoas que ficariam o final de semana inteiro no hospital, sendo que na segunda-feira seria uma nova equipe, ou seja, não conheci ninguém que faria minha cirurgia.

Neste dia assistimos uma apresentação da equipe de fisioterapia do hospital explicando oq acontece com o meu corpo quando se é feita uma cesariana e quais exercícios eu poderia começar a fazer para ajudar na recuperação (achei o máximo!!!)

Neste dia conversamos com médicos e anestesistas sobre como seria o procedimento, onde ir, com quem falar, tirar algumas dúvidas, etc.

Aí é que começou a cair a ficha que nossa Estrelinha logo estaria em meus braços !!!!!

chorei rios .... mas pq vc chorou se vc já sabia como é, já que tem o Chicletinho?
gente aquele clichê de que cada gravidez é única é a mais pura verdade ... mas não adianta, só depois que se passa por isso é que realmente acreditamos e entendemos.

Minha sogra chegou no sábado, até aí tudo bem .... cesariana marcada para 2a-feira pela manhã, amiga avisada para ajudar a levar Chicletinho para a escola, malas prontas ...

# na noite anterior #
No domingo estávamos muito ansiosos, eu não conseguia dormir. Estava na sala, umas 11 horas da noite, conversando com minha sogra quando um vazamento começa a rolar no banheiro .....

Gente não era um vazamento qualquer, era uma enchente dentro de casa. Por aqui as paredes são normalmente mais finas, de gesso ou drywall, então que esse vazamento simplesmente passou por baixo da parede do banheiro e alagou o quarto do Chicletinho. Imaginei o meu desespero.

Interfonamos para o porteiro que nos deu o telefone de um encanador 24/7, mas não conseguíamos falar (lei de Murphy quem nunca????) então ligamos para o dono do apartamento, que não atendeu a ligação... na hora peguei o meu telefone e mandei a seguinte mensagem:
"prezado dono do apartamento, sou a Liliane sua inquilina. meu neném nasce a amanhã as 6 da manhã e neste exato momento estamos com um vazamento gigante que alagaou um dos quartos. como proceder?" em 30 seg ele nos retornou e em 20 min um encanador, enviado por ele, estava aqui para resolver o problema. bom depois disso tudo fomos dormir por volta das 2 da manhã. as 6 eu estava no hospital.

# O grande dia #
Beijo no Chicletinho, com coração apertado em ter que deixá-lo (sim gente, sou mega apegada ao meu menino).

Chegando ao hospital nos dirigimos à recepção e entregamos o meu Maternity Book (vídeo mostrando no link no início do post) para a recepcionista e ela pediu para que esperássemos. tum tum tum bate coração, o tum coração pode bater ....

Depois de uns 10 minutos esperando resolvi fazer um xixi antes de começar todo o processo aí passei pela recepção vi que uma das médicas que havia me atendido durante o pré-natal estava pegando o meu maternity book ..... não não não, ela não por favor. Esta médica havia sido uma das médicas que não sabia me responder nada durante a consulta, que pedia sempre a opinião de outra médica durante a própria consulta. Me passou inexperiência, não queria que a cirurgia fosse feita por ela.

Bom, depois do xixi feito, estávamos aguardando e a médica chega. Sim a dita .... respirei fundo, conversamos e então perguntei se ela estaria no centro cirúrgico. Ela muito fofa respondeu "não se preocupe, não sei se farei a cirurgia, mas estarei lá o tempo todo" ó céussssss ...

Anyway, sem tempo e chance de qq mudança de planos.

Entramos e logo pediram para que trocasse roupa, ali mesmo na enfermaria .... estranho, mas sou muito obediente e também entrei num modo meio que robótico, não conseguia pensar só fazer.

Depois de trocar de roupa me pediram para deitar na maca. Ricardo o tempo todo comigo.

Logo depois entrou a enfermeira.

Depois de um tempo veio o anestesista conversar comigo, dizer como seria o procedimento, perguntou como foi a cesárea feita anteriormente, se eu tinha alguma dúvida. Só lembrei de pedir pra ele não me deixar grogue como eu havia ficado da primeira vez. A resposta dele? Mas não é para você ficar grogue não. (segura esse pensamento que vou contar como foi no centro cirúrgico).

Depois do anestesista veio o obstetra sênior, ou seja, não seria a médica que me atendeu quem faria a cirurgia ....

O obstetra, que não lembro o nome - como pode?! - conversou comigo como ele estava pensando sobre a cirurgia e me pidu para ver o corte a minha cesárea anterior.

Quando ele viu o corte me perguntou de onde eu era e se a cirurgia havia sido feita lá. Após a resposta ele disse, é esse corte é típico dos médicos brasileiros ... ok vamos lá.

Perguntei algumas coisas do tipo: terá um pediatra no centro-cirúrgico?
- não, não terá. mas a enfermeira neonatologista é totalmente capaz de avaliar o seu bb (pausa para um pânico básico, que foi percebido pela equipe)

Depois da conversa com o médico veio a enfermeira conversar sobre os procedimentos que seriam feitos com o bebê após o seu nascimento.

Enquanto isso no 'leito' ao lado chegou uma paciente que acabara e fazer uma cesariana de emergência .....

# no centro cirúrgico #

continua ...