sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Um ser independente

Eu achava que era uma mãe descolada, até JP começar a frequentar a escolinha, ainda lá no Brasil.

Não tem jeito, mães sempre trocam informações sobre: qdo o seu começou a comer, qdo andou, qdo saiu o primeiro dente, etc ... no meu caso não era para comparações, como sempre morei longe da minha família precisei de 'balizadores' pois JP é meu 1o filho, então não sabia NADA sobre maternidade e não ia ligar todos os dias pro pediatra pra comentar sobre tudo (já bastava a lsita imensa de perguntas em todas as consultas).

Bom, com tudo isso percebi que fui muito, exageradamente, cuidadosa com o JP. Pra vcs terem uma idéia JP NUNCA ficou sozinho no berço dele :[ a neurótica aqui sempre pensava: vamos estimular o moleque, não dava nenhum tempinho pra ele sozinho ... husband sempre viajou mto e não tinha a menor dúvida, pequeno dormindo comigo na cama (um erro maravilhoso de se cometer, vai dizer q não é maravilhoso ter um bbzinho todo aconchegado com vc, hein hein hein) ... não me julguem please, tudo foi sempre pensando no melhor pra ele.

Eis que tenho tentado deixá-lo mais solto, independente, pra exercitar sua individualidade coisa e tal (duvideodó que minha mãe, vó, bisa e ancestrais se preocupavam com isso).

Hoje chegamos da nursery, JP ensopado e imundo de brincar no parque com os amigos(perderam a bolsinha dele com a troca de roupa) .... dei um banhinho rápido nele (me senti a irmã do TheFlash) e coloquei ele na caminha dele com uma manta (preguiça absurda de bagunçar a cama), estou na cozinha ouvindo uns barulhinhos e fico me segurando pra não ir bisbilhotar oq está acontecendo, então resolvo passar como quem não quer nada e vou ao banheiro. Passando pelo quarto vejo a cena:

- JP deitado debaixo do edredon dele, com filminho do Rei Leão rolando no IPAD - detalhe, o IPAD estava no meu quarto, ou seja, só faltou preparar sozinho uma pipoquinha pra curtir seu filminho nessa tarde fria em Londres.

Meus olhos brilharam de orgulho! Meu pequeno está crescendo a cada dia, mas deixa que a pipoca a mamãe prepara e por hoje chega ... vou deitar junto com ele e curtir o Simbá e seus amigos :D

2 comentários:

Carol P disse...

tambem cometo o error de colocar a C para dormir comigo, assim sei q ela vai estar bem. Eu nao fico bem pois lev0o pes e maos por todos os lados, mas mentalmente fico otima.
Gente jah eh um rapazao.
bj

250876 disse...

Amiga, eu cometi o mesmo erro duas vezes. Tanto que Maria Laura só parou de dormir comigo aos 12 anos. A Valentina agora que foi para o berço e dorme no quarto da irmazinha, mas confesso que não foi fácil, sinto falta daqulas mãzoinhas me cutucando durante a madrugada, hehehe.